banner multi
Capa Memória Colunistas Cronicando
Cronicando

dUBOW1



A queda de Golias no futebol Imprimir
Escrito por Gabriel Bocorny Guidotti   
Quarta, 23 de Maio de 2012 - 10:29

barcelonaHá algumas semanas, o invencível Barcelona foi eliminado da liga dos campeões pelo nem tão festejado Chelsea. Uma derrota e um empate com gols fulminaram a intenção dos catalães na competição dos campeões da Europa.

 
O país de Sísifo Imprimir
Escrito por Gabriel Bocorny Guidotti   
Quinta, 17 de Maio de 2012 - 16:01

sisifoO Supremo Tribunal Federal aprovou a permanência das tão discutidas cotas raciais. A decisão possui caráter histórico evidente, pois, nas palavras dos ministros, trata-se de uma forma de diminuir a desigualdade social que as classes marginalizadas foram submetidas ao longo da história. O país de Sísifo, com mais este episódio, mostra a sua cara. E não estamos falando da Grécia, mas sim do Brasil, aquele que sempre levanta suas pedras, mas que não sabe como mantê-las no alto da colina.

 
Porto Alegre: 240 anos Imprimir
Escrito por Gabriel Bocorny Guidotti   
Terça, 27 de Março de 2012 - 16:48

por-do-solEcos ao vento. Do alto da torre de cristal, Deus olhou para a terra e jogou, em um espaço singular, a equação resultante de um povo rico em tradições, forte como um tufão e embasado em um intenso espírito.

 
O titã dos mares Imprimir
Escrito por Gabriel Bocorny Guidotti   
Segunda, 16 de Abril de 2012 - 13:36

titanicEra um palácio flutuante, um navio dos sonhos. No dia 10 de abril de 1912, o RMS Titanic partia de Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York. Em sua viagem inaugural, levaria os sonhos de dezenas de pessoas que buscavam uma vida diferente no novo mundo, mas que teriam sua existência interrompida de forma melancólica. No dia 14 de abril de 2012, completou-se um século da tragédia. E mesmo tanto tempo depois, a história jamais esqueceu a fascinação exercida pelo Titanic: sua combinação improvável de fatores e seus dramáticos momentos finais. Naquele santuário de morte, a humanidade se sucede.

 
O quarto poder Imprimir
Escrito por Gabriel Bocorny Guidotti   
Terça, 20 de Março de 2012 - 10:40

4poderTudo depende de um referencial. Quando galguei passos na Faculdade de Direito, minhas aulas de Constitucional eram algumas das mais apreciadas pelo jogo de futebol que foi a formação do Estado Brasileiro. Atribulado por diversas modificações políticas, três poderes bem definidos - ora em outros tempos limitados - subsistiram a tudo e a todos e formaram a gênese de nossa atual ordem. Mas até sair da graduação, ainda me veio uma dúvida na cabeça: seriam eles únicos ou há determinadas forças agindo por fora, mesmo que não reconhecidas pela função tripartite de nossa organização? A resposta é um sonoro sim, existe um quarto poder, mas não ficou claro para mim quem ele era.

 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 Próximo > Fim >>

Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA