banner multi
Capa Memória Colunistas Cronicando
Cronicando

dUBOW1



Pesquisas eleitorais Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Segunda, 23 de Fevereiro de 2015 - 10:04

pesquisaMuitos criticam as pesquisas eleitorais por acreditar que elas influenciam o voto e os rumos da democracia. A verdade é outra. Analise macro: o mundo sustenta um jogo de influências. O ser humano é político por essência, inegavelmente. Ele precisa ser arguto, comunicativo e reativo quando o assunto é escolher os seus representantes. Destarte, opiniões mudam de uma hora para outra, e nada impede, nas urnas, um resultado diverso do pregado nos levantamentos pré-eleitorais.

 
Reeleição no Brasil Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Segunda, 23 de Fevereiro de 2015 - 10:02

charge fim da reeleic3a7c3a3o 23 03 11A Constituição Federal de 1988 vedava, originalmente, a possibilidade de reeleição do presidente da República para o período subsequente. Fernando Henrique Cardoso, entretanto, se beneficiou das emendas constitucionais nº 5, de 1994, que alterou o tempo de mandato de cinco para quatro anos, e a nº 16, de 1997, que permitiu a reelegibilidade dos membros do Executivo para uma única investidura consecutiva – sem óbice a futuras candidaturas.

 
Eleição de surpresas Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Sexta, 20 de Fevereiro de 2015 - 17:52

1 11É consenso nacional: eleições emocionantes assim não se viam desde 1989, quando Fernando Collor de Mello derrotou Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro pleito da redemocratização. Em 2014, os requintes de surpresa e acirramento também estão presentes. Respectivamente, a Cadeira Nacional será disputada no segundo turno por Dilma Rousseff, do PT, e Aécio Neves, do PSDB. Marina Silva ficou de fora. Na Cadeira Estadual, sentará o fenômeno José Ivo Sartori, do PMDB, líder da contagem oficial, ou o atual governador, Tarso Genro, do PT.

 
Guia da eleição Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Sexta, 20 de Fevereiro de 2015 - 17:54

eleicoes 2014 copiarAs eleições estão chegando. O povo brasileiro tem, em 5 de outubro, a possibilidade de avançar décadas ou retroceder décadas. É preciso acabar com esse “Complexo de vira-lata” que assola o país; este consenso em dizer que, na esfera pública, nada presta. Presta sim, e há muitos candidatos fechados com a ideia de um Brasil melhor. Eles precisam, apenas, ser encontrados. Encontre com qualidade e consciência. A seguir, um guia do pleito de 2014 sobre três importantes temas: reeleição, obrigatoriedade e nulidade do voto.

 
A desconstrução de Marina Silva Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Sexta, 20 de Fevereiro de 2015 - 17:49

marina silvaTida como um furacão das pesquisas eleitorais após a lamentável morte de Eduardo Campos, Marina Silva, do PSB, deixou escapulir a presidência da República. Implacavelmente criticada durante a campanha, especialmente pelo PT, a candidata viu seus adversários desconstruírem paulatinamente sua imagem, desqualificando-a como uma personalidade capaz de comandar o Brasil.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA