O Brasil venceu Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Segunda, 14 de Julho de 2014 - 15:04

cam67O Brasil venceu a Copa do Mundo. Não dentro do campo, pois ali residiu a derrota mais absoluta da história da seleção. Venceu fora, mostrando que muitas das informações vendidas às vésperas do mundial não tinham veracidade. Trabalho bem feito que gera orgulho, favorece a autoestima cidadã e abre o país ao cenário internacional também culturalmente, não apenas economicamente.

O Brasil venceu, pois motoristas de ônibus se prepararam antecipadamente, aprendendo uma segunda língua. A hospitalidade também foi tema de aperfeiçoamento e se espalhou por diversos segmentos, desde o comercial até o turístico. Aeroportos funcionaram! Os estrangeiros, aqui, se sentiram em casa, convergindo etnias e tradições. Convivência em momentos inesquecíveis, sem dúvida.

O Brasil venceu, pois o motociclista, em translado para fazer uma entrega, gritou gol. Após, o buzinaço da moto contagiou outros veículos, que na hora não podiam parar para assistir ao jogo da seleção. O trabalho acima de tudo, mesmo em horas que deveriam ser de lazer. E não há tristeza nisso. Com ou sem televisão, o país torceu em uníssono. A aclamação ao hino nacional, e sua continuidade mesmo após o encerramento da melodia, refletiu o canto de uma música planetária, cujas palavras emocionaram.

O Brasil venceu, pois, a Alemanha e a Holanda que o digam, viram-se gols – muitos. Muitos tomados pela seleção e muitos feitos pela seleção. Outros times também deram espetáculo, engendrando portentosas jogadas e mostrando que o futebol renasceu. Não há mais reis da bola; os plebeus insurgiram e agora também desejam um lugar ao Sol. Em um embate futebolístico, é sempre o coração que ganha a batalha.

O Brasil venceu, pois a fatídica derrota na semifinal pavimentou os futuros caminhos da vitória. Notou-se que muito anda errado na administração da seleção e que uma urgente mudança se faz necessária. Novos jogadores surgirão. Estes, somados à experiência dos poucos destaques desta Copa, vão auxiliar o país a construir, novamente, um time capaz de conquistar a competição futebolística mais importante da Terra.

O Brasil venceu, pois foi emocionante o engajamento do povo em recepcionar a Copa. Tanto se debateu sobre o fracasso do evento, mas das críticas a nação tirou forças para dar exemplo. Os turistas se apaixonaram por nossas cores, curtiram novos amores, se deram a chance de serem brasileiros por alguns dias. Deixaram o gélido desdém antecipado de lado e se aqueceram com o calor humano tipicamente tupiniquim.

O Brasil venceu, pois da Copa ascendem diversos legados. O potencial revelado mostra que grandes eventos podem entrar, sim, em nossa agenda. Inúmeros setores se beneficiaram dos benfazejos visitantes, aumentando os números de arrecadação. Crescimento, desenvolvimento e uma ótima vitrine. O chamariz da Copa serviu também para milhares de outros negócios vindouros.

O Brasil venceu, pois, por todo o território nacional, os “Caminhos do Gol” coadunaram espaços públicos e cidadãos, permitindo aos passantes conhecerem melhor suas cidades. Um show de cultura e história. O Brasil venceu, pois o futebol é um verniz secundário que complementa a grande festa da paz – aqui sediada! Não deu taça, mas valeu o esforço. Permanecemos em busca do hexa. Até a próxima!

Visite também o blog do aluno: http://gabrielguidotti.wordpress.com/

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA