Acordeonistas surpreendem com repertório erudito no IPA Imprimir
Escrito por Luís Bustamante   
Segunda, 26 de Setembro de 2011 - 17:34

Quinteto_PerschO acordeom, que nos regionalismos gaita e sanfona anima e emociona gaúchos e nordestinos, surpreendeu e arrancou aplausos da compenetrada plateia que lotou o auditório da Biblioteca Central do IPA, na noite de quinta-feira, 22 de setembro. Nas mãos hábeis do Quinteto Persch, cinco desses instrumentos transformaram-se em orquestra e tocaram com maestria um raro repertório de música erudita.

O momento mágico foi proporcionado pelo Curso de Música, sob a batuta da professora Maria Cecília Torres, que percebeu na oferta de apresentação do grupo uma oportunidade ímpar de ampliar a cultura musical de estudantes, professores(as) e colaboradores(as) da instituição.

A proposta de um concerto com um só tipo de instrumento foi uma iniciativa ousada de jovens músicos que, há 12 anos, decidiram difundir o acordeom através da música de câmara, demonstrando sua versatilidade e oportunizando a exploração do instrumento com repertório erudito. Ousadia que, felizmente, encontra eco no ambiente universitário, onde a experimentação costuma produzir resultados surpreendentes.

O quinteto, formado pelos músicos Adriano Persch, André Machado, Daniel Castilhos (ex-aluno do IPA), Fernando Ávila e Luciano Rhoden, é o único grupo no país com essa formação instrumental de música de câmara e proposta artística utilizando o acordeom. Tem mais de 200 apresentações Brasil afora e já coleciona alguns prêmios, como o Açorianos e o Funarte de Música Clássica. Com um CD gravado, o Quinteto Persch segue pesquisando e adaptando partituras aos teclados que, de forma singular, homenageiam, Carlos Gomes, Piazzolla, Seiber e outros grandes clássicos.

 


Notícias relacionadas