banner multi
Capa Memória Cultura Terror e fantasia nos cinemas
Terror e fantasia nos cinemas Imprimir
Escrito por Jorge Santana, Pedro Henrique Gomes e Rafael Ferreira   
Segunda, 20 de Junho de 2011 - 16:36

fantaspoa_2011

A partir de 1º de julho, os cinéfilos de Porto Alegre poderão entrar novamente no mundo da fantasia e do terror. Neste dia, terá início a 7º edição do Fantaspoa, Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre, que se estende até o dia 17 do mesmo mês. O evento, desde sua primeira edição, tem transformado a capital num dos principais redutos para promoção e divulgação do que de melhor está sendo realizado no cinema fantástico mundial.

Organizado pelos amigos João Pedro Fleck e Nicolas Tonsho, o Fantaspoa vem crescendo a cada ano, tanto em suas atividades quanto em número de espectadores. Reflexo de uma programação grandiosa e de qualidade, pautada pela diversificação.

A programação do festival, reconhecida pelo grande número de atividades, exibe mais de uma centena de filmes e, além disso, conta com oficinas, minicursos, workshops e palestras, com o objetivo de expandir cada vez mais a teia cinéfila porto-alegrense.

As parcerias com distribuidoras internacionais e cineastas evidenciam a preocupação dos organizadores do evento em manter a qualidade e seguir expandindo suas atividades. Mesmo com todas as dificuldades de financiamento, grande parte dos custos sai do bolso dos próprios organizadores. No ano passado foram aproximadamente 140 filmes de diversos países e dezenas de debates e sessões comentadas com realizadores. Neste ano, a expectativa de público tende a aumentar, o que anima João Pedro Fleck, um dos organizadores.

Na primeira edição do Fantaspoa o evento reuniu 800 espectadores, e no ano passado saltou para 6 mil espectadores. Sobre a continuidade do sucesso do evento, Fleck destaca: "Espero que o festival continue por diversos anos a atrair tanto os espectadores quanto os cineastas que, a cada ano, enviam mais filmes para o evento".

O clima das sessões mais concorridas não deverá ser diferente dos anos anteriores: salas apinhadas de gente, fãs espalhados pelos corredores ou espremidos pelos cantos em busca do melhor ângulo de visão. E as exibições com os lugares mais disputados devem ficar a cargo da seleção da Mostra Retrospectiva.

No ano passado o Fantaspoa dedicou a mostra ao italiano Luigi Cozzi, e este ano o grande homenageado, também italiano, será o cineasta Lamberto Bava, que virá ao festival trazendo na bagagem oito filmes seus e mais oito de seu pai, o cultuado Mario Bava. Como de costume, Lamberto, além de circular nos corredores do festival entre os dias 5 e 8 de julho, participará de sessões comentadas e debates.

Com relação à mostra 'Retrospectiva', João Pedro ressalta que o objetivo é homenagear grandes diretores do cinema fantástico. E quanto à vinda de Cozzi e Bava ter ocorrido em anos consecutivos, atribui ao fato deles serem amigos. "Cozzi gostou tanto do Fantaspoa e de Porto Alegre, que disse ao Bava que ele deveria vir nos visitar para conhecer as maravilhas do Fantaspoa", relata Fleck.

Fique atento no site do Fantaspoa para informações e atualizações: http://www.fantaspoa.com/2011/index.php. E siga o perfil do festival no Twitter: @fantaspoa

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA