banner multi
Capa Memória Cultura Uma Porto Alegre não vista
Uma Porto Alegre não vista Imprimir
Escrito por Nícolas Andrade   
Terça, 01 de Novembro de 2011 - 09:19

8-bienal"A cidade não vista" é uma das atividades que integra a 8° Bienal do Mercosul em Porto Alegre. Trata-se de uma releitura histórica e artística de nove pontos da capital gaúcha assinada por artistas de várias partes do mundo.

Um passeio na Porto Alegre do século XVIII é o que propõe o evento. Com roteiros variados, o inclui visitas desde a Usina do Gasômetro até a escadaria da Rua João Manoel. As atividades, no decorrer do passeio, incluem experiências variadas com sons e imagens. E um exemplo é a peça do artista japonês Tatzu Nishi, exposta em frente a antiga prefeitura. O trabalho consiste em um quarto montado na fachada do prédio com elementos históricos do local e a simplicidade de um dormitório.

A exposição permite a chegada em locais que não costumam ser abertos a visitação, como o jardim do Palácio Piratini e a chaminé da Usina do Gasômetro. Outros pontos como o Aeromóvel e o Viaduto Otávio Rocha ganham um olhar especial de artistas consagrados como Pedro Palhares e Marlon de Azambuja.

Segundo o monitor do evento, Samir Seadi, a proposta do passeio é mudar a cabeça dos cidadãos que passam por esses locais diariamente. "Não é necessariamente uma revitalização e sim dar outra visão de alguns pontos que se tornaram banais no dia-a-dia", diz Samir.

Com um fluxo grande de visitantes, desde o dia de sua abertura em outubro, a oitava edição da Bienal mostra que a capital dos gaúchos virou um ponto de referência em artes na América Latina. Artistas do mundo inteiro estão contemplados com obras espalhadas pelas variadas localidades do evento.

Para a professora de Artes, Rossana De la Costa, a Bienal é uma oportunidade para a cidade se atualizar quanto aos temas relacionados a arte. "É um evento fundamental na cidade. O gaúcho parou no tempo em termos de arte, tudo virou contemporâneo e o que foge disso é deixado de lado. Além de abrir a cabeça dos cidadãos a exposição populariza a arte colocando elementos da cidade ao lado de importantes movimentos culturais".

As atividades da Bienal seguem até o dia 15 de novembro, em diversos pontos da cidade. As informações completas de programação e eventos está disponível no site http://www.bienalmercosul.art.br.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA