banner multi
Capa Memória Cultura 'Reencontro Atlântida' consolida nova tendência de shows
'Reencontro Atlântida' consolida nova tendência de shows Imprimir
Escrito por Nícolas Andrade   
Quarta, 21 de Março de 2012 - 16:16

reencontro-atlantidaO Reencontro Atlântida reuniu no último sábado, 17/03, no Pepsi on Stage, mais de 7 mil pessoas para assistir as apresentações da banda Strike, do rapper Projota e do cantor Armandinho. Mais do que o show que abre os eventos de 2012, parceria entre Atlântida e New Fever na capital, o espetáculo mostrou uma tendência da nova geração gaúcha. Cada vez mais, a demanda de eventos acontece com diferentes ritmos no mesmo palco.

Até pouco tempo atrás, era muito complicado juntar Rap, Rock e Reggae no mesmo espaço. Exceto nos grandes festivais, os shows da capital eram ramificados por ritmos e públicos. Porém essa realidade tem mudando com a nova geração de plateia que está surgindo. Nas pesquisas prévias da produtora do Reencontro Atlântida, as atrações mais votadas vinham de eixos diferentes da música, e isso é o reflexo de misturas ocorridas nos dois últimos anos que deram certo.

Para Marcelo Müller, que trabalha na organização destes eventos, a demanda por shows de diferentes tribos musicais vem crescendo. "Todos têm seguido uma linha de som jovem, porém diverso, entre Hip Hop, Reggae, Rap e Rock, mas sempre com o mesmo público", disse ele, que também falou sobre as perferências dessa geração, em constante mudança. "Há cinco anos o Funk era o principal som, e depois subitamente trocou, então é difícil dizer. Mas creio que irão mudar ainda mais os padrões atuais".

O público recebeu com alegria essa mudança. Segundo o estudante João Dourado, a mistura de ritmos só melhora o espetáculo "É muito melhor ir ao show sabendo que não vai ter uma mesmice. Eu curto Rap, Rock, Hip Hop, e agora tenho conseguido ver tudo junto na mesma noite, como hoje vi hoje. Espero que isso continue". Já para a também estudante Carolina Pacheco, a melhor parte dessa diversidade é poder aproximar mais as pessoas. "Em noites como essas posso sair com vários amigos que curtem coisas diferentes e ninguém fica deslocado".

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA