banner multi
Capa Memória Cultura Educação dolorosa
Educação dolorosa Imprimir
Escrito por Matheus Pannebecker   
Quinta, 25 de Março de 2010 - 12:45

educacaoJenny (Carey Mulligan) é uma jovem estudante de 17 anos que vive na Inglaterra dos anos 60. A vida da garota muda completamente quando ela conhece David, um homem de 35 anos, que começa a cortejá-la. David também conquista o pai da garota, mas, ao mesmo tempo, coloca em risco toda a carreira que Jenny poderia cursar na faculdade de Oxford, uma vez que ela se vê dividida entre os estudos e sua mais nova paixão.

Apesar da premissa batida, Educação é um longa-metragem que sabe dosar as emoções certas para a história. A educação do título não se refere apenas aos estudos da protagonista, mas também aos aprendizados emocionais que a garota vai adquirir com os fatos de sua vida. Ela, que anseia, a todo custo, crescer e se tornar adulta, perceberá que nem sempre esse salto imediato é possível. A vida machuca, mas também e nos amadurece e nos ensina muitas coisas que são essenciais para a transição da vida adolescente para a vida adulta.

Indicado a três Oscars (filme, roteiro e atriz), Educação está em cartaz em Porto Alegre. Trazendo a já conhecida maneira inglesa de fazer cinema, o filme de Lone Scherfig encontra requintes em sua produção técnica e charme no seu roteiro bem construído. No entanto, o show é todo de Carey Mulligan. Ela, que já ficou conhecida por ser muito parecida com a lendária Audrey Hepburn, nunca tinha feito nada de significativo no cinema – a não ser um pequeno papel em Orgulho e Preconceito – mas aqui alcança um nível extraordinário. É uma atriz a ser notada.

O desfecho, criticado por muitos que o acusam de ser abrupto, previsível e até mesmo contraditório, traz a grande lição de Educação. Na realidade, é um final muito apropriado, que mostra para a protagonista que a vida não é feita de sonhos e que a realidade é dolorosa. É uma lição que explica que andar nas nuvens é ótimo, mas nem sempre o melhor caminho. E com isso, o filme termina com o mesmo nível excelente com que se desenvolveu durante todo o tempo.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA