banner multi
Capa Memória Cultura Da garagem para a fama
Da garagem para a fama Imprimir
Escrito por Anselmo Cunha   
Segunda, 24 de Janeiro de 2011 - 10:13

abeckGrande parte dos estudantes niversitarios já pensou em montar uma banda, juntar amigos e fazer seu próprio som. É assim que surgem as bandas de garagem. Porém, algumas começam a escrever suas próprias músicas, definir seu estilo e largar o status de cover. É ai que surge a grande questão: o que fazer para sair da garagem e conquistar os palcos?

Alguns integrantes precisam levar uma vida dupla, entre estudos e as músicas, e, então, acabam por desistirem da idéia. Entre as bandas que seguem na luta, enfrentando a dupla rotina, encontramos a Abeck 7: um grupo gaúcho que está no mundo da música há 5 anos e que grava agora seu primeiro CD.

"No início, era apenas para juntar os amigos e fazer um som", comentou o baixista Beto, um dos veteranos da banda. Com o tempo, os guris viram que tinham talento e resolveram se dedicar para sair da garagem. Para isso, passaram a escrever suas próprias músicas, ensaiá-las em estúdios como o Hurricane, Live e Music Box e divulgá-las na internet em sites como Orkut, Facebook, Twitter, Youtube, Myspace, Tramavirtual entre outros. Assim, o grupo passou a ser conhecido no cenário underground de Porto Alegre.

Cada vez mais aumenta o número de bandas que saem das garagens através da ajuda do fenômeno das redes sociais. Isto acontece devido a acessibilidade dos músicos em poderem postar seus trabalhos, atingindo um numero grande de internautas. Um exemplo é a banda inglesa Arctic Monkeys que liberava suas músicas gratuitamente na internet para download e, assim, ficou conhecida mundialmente como uma das maiores bandas da década.

Aqui no Estado não é diferente, pois foi com a Internet que começaram a surgir oportunidades de shows em bares, casas noturnas, festas particulares e até mesmo em colégios, que, inclusive, foi o local do primeiro show dos caras da Abeck 7. Eles dizem que nunca esquecerão o sentimento de subir ao palco pela primeira vez: "No nosso primeiro show tinha mais de 2 mil pessoas. Era um festival com várias bandas e aquilo nos marcou até hoje".

Fica a dica então! Quem tiver uma banda e quiser sair da garagem, é só correr atrás, criar suas próprias músicas, gravá-las e lançá-las na grande rede. Se fizer isso, manda um e-mail aqui pro Opa! com teu som que a gente te ajuda nessa empreitada.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA