banner multi
Capa Memória Cultura Moda #2 DFI 2012 - segundo dia (29/03)
#2 DFI 2012 - segundo dia (29/03) Imprimir
Escrito por Gabriele Lorscheiter e Carol Moura. Fotos de Rodrigo Figueiró   
Sexta, 30 de Março de 2012 - 12:43

Next Generation apresenta alunos do IPA

Gabriele Lorscheiter

Marcio-SantosCom o tema Entenda a moda, entenda a vida os aspirantes a estilistas tiveram que criar dois looks. Nessa noite dois alunos do curso de Moda do IPA desfilaram suas obras na passarela do lounge. Márcio dos Santos, estudante do 7º semestre, buscou inspiração na obra Loucos e Santos de Oscar Wilde, onde a maneira de se vestir dos homens passa de rústica para a elegância da alfaiataria. O estudante teve influência da avó que durante anos atuou como costureira, e do tio que era alfaiate, porém descobriu que o seu caminho era a moda quando cursou alguns semestres de publicidade e propaganda em São Paulo. 

Já Giovana Orsi, estudante do 5º semestre, escolheu a tecnologia e o fluxo de informações como base para as suas criações. A menina que desde pequena já costurava roupinhas para bonecas e vendia para os amigos, acredita que o futuro associado à tecnologia deve permitir conforto para as pessoas, por isso a escolha pelo moleton. Giovana recebeu o apoio da colega e amiga de faculdade e está confiante para participar da final que será no sábado na passarela principal.

Giovana-Orsi

 

 

Brilho e sensualidade marcaram o desfile da Canal Sul

Gabriele Lorscheiter

atrizA marca Canal Sul abriu a passarela da segunda noite de desfiles do Donna Fashion Iguatemi apresentando uma de suas marcas a Dimy. Sensualidade, muito brilho e roupas justas ao corpo são as principais características da marca que trouxe a atriz Adriana Birolli da Globo para encantar àqueles que estavam assistindo. Na linha casual os shortinhos e as calças uniram-se aos spencers e jaquetinhas. As calças jeans ajustadas também compareceram na passarela. Nas cores, o preto, o verde, o rosa e caramelos, além dos dourados metalizados que foram o destaque.

 

 

Vitrais do mundo inspiram o inverno da Forum

Carol Moura

atorA segunda marca que desfilou nesta quinta-feira, no Donna Fashion Iguatemi foi a Forum. A estilista estreante na grife, Marta Ciribeli, apresentou pela primeira vez a coleção no circuito comercial. Ciribeli desenhou peças inspiradas nos vitrais do mundo, com cores sombrias, diferentes recortes e formas geométricas. Os cortes são retos e justos no corpo.

Os paetês utilizados nas roupas remetem a vidro quebrado e o acrílico transparente foi o material utilizado nos acessórios. Alguns looks black total e detalhes em pele também apareceram no desfile. Os modelos em jeans mostrados na passarela apareceram em vários tons diferentes, inclusive os resinados.

O convidado especial da marca foi o carismático ator Dudu Azevedo, que interpretou o lutador Wallace Mu na novela Fina Estampa.

 

 

 

Além de acessórios, Victor Hugo
lança coleção de prêt-à-porter

Carol Moura

DSC 0891A grife internacional Victor Hugo foi a última a desfilar, na quinta-feira, no Donna Fashion Iguatemi. A marca, que sempre foi conhecida por suas bolsas e acessórios, apresentou sua coleção prét-à-porter (pronto pra vestir) para o inverno. A novidade foi bem recebida pelo público presente. A marca manteve suas características e apresentou na passarela roupas e bolsas em cinco temas: exótica, leopard rock, cosmopolitan, denim e evening.

A linha exótica mostrou vestidos em sedas lavadas e jérseis. A leopard trouxe a tendência do animal print (estampas de animais) em blusas e camisas de seda com padrão leopardo. Na linha cosmopolitan, alfaiataria em tweeds com detalhes em couro. A coleção denim trouxe alguns jeans metalizados. E a evening, linha de festa, apresentou paetês, bordados e peles falsas.

As convidadas especiais da marca foram as modelos tops Marcelle Bittar e Flávia Oliveira.

 

 

As misturas que deram certo

Gabriele Lorscheiter

DSC 0498As sobreposições e mix de texturas marcaram o desfile da MOB. A riqueza de detalhes trouxe requinte aos looks que tiveram como destaque o couro ecológico. Os coletes de pele falsa foram combinados com as calças de couro, shortinhos fizeram par com o tricot e as saias de seda aliaram-se com as botas country.

Os tradicionais casacos de lã apareceram combinados ao jeans com shape justinho. Nos vestidos de festas foram aplicados o jacquard – nome dado a padronagens complexas de entrelaçamento tanto em tecelagem como em malharia – e as rendas, além do brilho dos paetês. Os animais também estiveram presentes nas estampas das camisas. Nas cores o preto aliou-se aos tons terrosos, vermelhos e laranjas.

 

 

Renner investe na diversidade

Gabriele Lorscheiter

DSC 0852Ao som de uma balada dance seguido de um hip hop um grupo de dançarinos iniciou o desfile da Renner. Todos vestiam camisas xadrez e calças jeans coloridas, apesar da semelhança cada dançarino possuía características étnicas diferentes o que comprova a slogan da marca 'Você tem o seu estilo, a Renner tem todos'. Para abrilhantar ainda mais os looks, a marca trouxe para a passarela o ator da Rede Globo Marcelo Serrado, que interpretou o famoso Crô da novela Fina Estampa.

A linha Blue Steel foi a primeira a aparecer na passarela. Voltada para um público urbano e jovem, as peças brincaram com cores claras, brilhos e rendas. Em seguida a linha Marfinno trouxe a elegância utilizando cores fortes, com toques de floral e xadrez. Os casacos de lã e flanela também estiveram presentes.

A Cortelle trouxe para as mulheres executivas o desdobramento do color blocking, que ganhou mais harmonia na combinação das cores. A linha Just Be ousou nos looks ao misturar peles com estampas de cobra em cores como branco, dourado e caramelo. A linha Request desfilou cores como o vermelho, bordô e uva nas suas peças já tradicionais mais justas ao corpo.

Para os homens, jeans resinados, que ganham aspecto de couro, gorros e sapatos abotinados.

 

 

Formas geométricas e o Origami
marcaram o Projeto Entremeio

Gabriele Lorscheiter

DSC 0516

Jonathan Scarpari trouxe para a passarela peças inspiradas nas formas geométricas e nos favos de mel. Contrariando a tendência das mulheres buscarem no guarda roupa masculino peças chaves para utilizar no dia a dia, o estilista trouxe características das produções femininas e aliou a cores sombrias para compor os looks exclusivamente para eles. As roupas traziam em sua composição detalhes em dobraduras triangulares e quadradas.

Baseada na arte milenar de origem japonesa, o Origami, a coleção do estilista Eduardo Nipper trouxe para a passarela saias e blusas plissadas e com muitas dobras. As plataformas e os shorts marcaram presença. Além disso, vestidos acima dos joelhos, sapato boneca e meia três quartos complementaram o desfile que teve como carro chefe o feltro e o cetim como protagonistas.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA