banner multi
Capa Memória Cultura Moda Moda superhypada da Studio Mix
Moda superhypada da Studio Mix Imprimir
Escrito por Gabriela Casartelli. Fotos: Emmanuel Denauí   
Quinta, 08 de Abril de 2010 - 16:44

_MG_5378_A Studio Mix foi a primeira marca a se apresentar na passarela do 12º Donna Fashion Iguatemi. Tradicional na linha de roupas de festa, 'superhypada', cara e sem grandes ousadias, desta vez, a grife surpreendeu muito ao trazer tendências em pequenos detalhes como combinação de cores, comprimentos, fluidez, tecidos e tipos de bordados.

O look que abriu o desfile foi uma combinação ousada das cores violeta e vermelho, em uma saia tulipa - o formato da flor mesmo, porém de cabeça para baixo, com a boca nas pernas. Ela virou hit no último ano e traz volume e drapeados na altura dos quadris, ou seja, é válida para que não têm muitos.

Outro artifício bem usado pela Studio Mix e apontado como tendência, embora já esteja correndo nos corpos fashionistas há tempos, são as rendas. Bordadas, cruas, do nordeste... Lembrando: até o couro imita as rendas quando cortado a laser – há algumas temporadas.

Se elas vêm bordadas com paetês e coloridas pela sobreposição com uma peça de tom mais escuro entra com mais força no rol das tendências e ganha as ruas bem fácil! A leveza da renda também fica super combinada com a força invernal do xadrez, de uma calça de alfaiataria ou com um simples jeans. Ou seja, mesmo com cara de verão – ou de lingerie! – é obrigatória na temporada. Mais ousado ainda é sugerir o xadrez no vestido de festa, como faz a Studio Mix, e como já fez o saudoso Alexander McQueen – estilista falecido no início do ano – no famoso quilt dress de Sarah Jessica Parke.

Em uma linha desestruturada surgem vestidos mais orgânicos, desmontados, com pontas e com cores "sujas", ou tons pastéis/nude/apagadinhos, como o rosa antigo. Todos foram combinados com botas até o tornozelo, as super-mini-ankle-boots, quebrando o romantismo dos vestidos fluidos com saltos amadeirados e ultra light.

Outras tendências são as wet leggings (com aparência de molhadas) e tons fluorescentes.
Continuam os comprimentos mini (mesmo para festas), os maxi-adereços, transparências e drapeados gregos.

Entre os acessórios em destaque estão as penas e casquetes! Quem não ama e não quer? A casquete é um mix entre tiara e chapéu sem abas que cobre apenas uma parte da cabeça, um resgate dos anos 20, que já vem tentando entrar (literalmente, ui) na cabeça do povo há um tempinho.

As peças mais queridas do desfile foram aquelas em tom nude - que continua amiguíssimo no inverno, principalmente se combinado com tons berinjela, verde oliva e neon in general. Uma delas, um longo coberto de pérolas e de babados, desde o busto até o chão. Irresistível. E o segundo, curtinho, tipo lingerie, brincando com cores e contrastes, além das rendas, é claro!

Esperando a próxima festa...

galeria

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA