banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Controle de distúrbios em simulação do Exército
Controle de distúrbios em simulação do Exército Imprimir
Escrito por Gabriel Guidotti   
Segunda, 23 de Setembro de 2013 - 23:50

Foto-2Os movimentos populares do primeiro semestre de 2013 geraram diversos confrontos entre manifestantes e os batalhões de choque das Forças Armadas. Com o objetivo de instruir os acadêmicos de Jornalismo participantes do Estágio de Correspondentes de Assuntos Militares (ECAM), o Exército promoveu, na quarta-feira (18), uma simulação de controle de distúrbios, ensinando aos alunos noções de posicionamento em campo nas mais diversas situações de conflito.

Formada por três pelotões, que se configuram em um grupo pequeno de militares – cerca de 32 oficiais – uma tropa exibiu suas táticas de contenção e organização para circunstâncias de confronto. Cada mudança de formação era anunciada pelo grito estridente de um soldado que permanecia sempre em posição central no grupo. Após, os estudantes foram convidados a participar de uma simulação. Paramentados com coletes e capacetes, receberam instruções de como se proteger em coberturas que envolvem grandes aglomerações.

Em determinado momento da simulação, os “protestantes” começaram a agir com violência, fazendo a tropa de choque avançar e lançar uma bomba de efeito moral que assustou os acadêmicos participantes do exercício. No campo aconteceram agressões aos soldados do pelotão, prisões e combate corpo a corpo. O major Dick, um dos coordenadores do ECAM, explica que o batalhão de choque serve para conter manifestações com potencial para afrontar a sociedade civil. O aparato de cor preta da tropa amplifica a noção de repressão, assim como o bate-bate nos escudos, que anuncia a chegada do batalhão. “Nosso treinamento serve para as pessoas perceberem que aqueles soldados não estão para brincadeira”, destaca.

Passada a exibição, os alunos foram orientados sobre o arsenal usado pela tropa de choque, como bastões elétricos, escudos, armamento de tiro e bombas, recebendo orientações gerais relativas à utilização dos equipamentos.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA