banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Bienal do Mercosul Começa a 7ª Bienal do Mercosul
Começa a 7ª Bienal do Mercosul Imprimir
Escrito por Manoel Canepa   
Quarta, 21 de Outubro de 2009 - 17:18

bienal-2009Em cerimônia realizada no dia 16 de outubro, no Armazém A7 do Cais do Porto, foi oficialmente inaugurada a 7ª Bienal do Mercosul na cidade de Porto Alegre. O título desse ano, Grito e Escuta, propõe que a comunicação seja explorada de forma multidirecional, através de múltiplas linguagens. As obras dessa edição poderão ser visitadas nos Armazéns do Cais do Porto, Santander Cultural e o MARGS – Museu de Artes do Rio Grande do Sul além de diversos lugares públicos da capital gaúcha.

A apresentação da mostra foi realizada pelo presidente da Fundação Bienal do Mercosul, Mauro Knijnik. Na cerimônia esteve presente o Ministro da Cultura, Juca Ferreira, e os curadores gerais Camilo Yañez, do Chile e Victoria Noorthoorn, da Argentina. Segundo os curadores-gerais, mais do que trabalhar com um tema, a edição desse ano propõe uma série de metodologias e ações que demonstrem a diversidade de abordagens e funções que a arte contemporânea apresenta.

Na noite de abertura ocorreram algumas performances, como: Complexo do Alemão, dos artista brasileiros Márcia X e Ricardo Ventura, El Viento, do artista argentino Sérgio De Loof e o Marujo Mascate, o retorno, na foz da língua da serpente, do artista brasileiro Cabelo. Intervenções presenciais de artistas serão uma constante durante a Bienal de 2009.

Tanto as obras permanentes, como as intervenções artísticas, podem ser apreciadas de terça a domingo, das 9 horas às 21 horas. A 7ª Bienal do Mercosul vai até o dia 29 de novembro, sempre com entrada franca. Para outras informações e agendamentos confira o site - www.fundacaobienal.art.br. A equipe da AJor estará cobrindo alguns destaques da programação. Você pode acompanhar através do portal Universo IPA.

 
Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA