banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Expointer 16ª Feira da Agricultura Familiar
16ª Feira da Agricultura Familiar Imprimir
Escrito por Juliana Pereira, Moisés Machado e Vivian Leal   
Sábado, 06 de Setembro de 2014 - 16:07

Agricultura familiarA 16ª feira da Agricultura Familiar, inaugurada na quarta-feira (03/09), contou com presenças ilustres, entre as quais o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, o secretário da Agricultura, Cláudio Fioreze, o governador Tarso Genro e a dirigente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul, Cleonice Back.


"Eu estive aqui em 1999 e tínhamos poucos expositores, um galpão coberto com lona e tábuas no solo". Lembrou o ministro, surpreendido com a evolução do pavilhão que atualmente possui 200 estandes, dos quais 51 de novos participantes e representação de 115 municípios do Estado. O ministro ainda destacou o investimento na agricultura familiar, no ano passado, de R$ 5,2 bilhões, e anunciou previsão de R$5,9 bilhões para esse ano. "Nós estamos preparados para ampliar esses recursos, caso necessário, porque são os agricultores que qualificam a tecnologia empregada nas lavouras, ampliam investimentos em equipamentos e qualidade na produção da agricultura familiar. Nós estamos contratando um futuro com mais produtividade, mais qualidade de trabalho para nossos agricultores".

Atualmente, a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos distribuídos no país. Esse ano é importante para o setor, uma vez que a Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu o ano de 2014 como 'Ano Internacional da Agricultura Familiar'. De acordo com a dirigente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul, Cleonice Back, o sucesso da agricultura familiar reflete no meio urbano. E é por isso que o tempo em que esse tipo de plantio era considerado apenas para subsistência está extinto.

O Pavilhão da Agricultura Familiar é um dos locais  mais visitados e, na quinta-feira (04/09), a comercialização foi de R$ 308 mil, totalizando R$ 1,34 milhão até então, o mesmo valor últimas edições. No local, são comercializados cachaças, sucos, salames, vinhos, doces, mel e artesanato. A expectativa é de que até hoje, sexta-feira, esta soma ultrapasse o total de 2013 (R$ 1,5 milhão).

"Está florescendo uma nova etapa. E sssa nova etapa é dos jovens que estão no campo, ou que voltaram dá cidade, instituindo e organizando agroindústrias; micro, pequenas e médias. Isso é uma grande vitória de toda comunidade gaúcha, que está refletida aqui neste pavilhão", afirmou Tarso Genro, ao final da cerimônia.

Premiação
Durante a solenidade, foram entregues as premiações da 3ª edição do Concurso de Produtos da Agroindústria Familiar nas categorias suco de uva integral/natural, vinho tinto de mesa seco, vinho tinto fino seco, salame tipo italiano, queijo tipo colonial, cachaça prata, cachaça envelhecida e mel.

 

 

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA