banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Feira do Livro Educação Ambiental, na Feira do Livro
Educação Ambiental, na Feira do Livro Imprimir
Escrito por Cissa Madalazzo   
Segunda, 09 de Novembro de 2009 - 18:00

lixo-feira

A conscientização ambiental marca presença na 55° Feira do Livro com a Exposição Lixo Seletivo da PMPA. O local foi planejado na Área Infantil e Juvenil, com a finalidade de atingir crianças e jovens no aprendizado e incentivo a coleta seletiva do lixo.

Parece um assunto batido, mas não é. A questão ambiental vem sendo seriamente discutida no mundo, mas quando envolve a coleta seletiva do lixo reciclável realizado pela Prefeitura de Porto Alegre e o DMLU é referencia na América Latina, mas ainda falta conscientização.

A exposição exibe todas as fases do processo de reciclagem que deve começar em casa na separação correta do seco e do orgânico. Na mostra é possível entender o processo que o produto sofre, desde sua comercialização do uso e desgaste. A garrafa pet - por exemplo - ao ser recolhida pela coleta seletiva é destinada a triagem onde passa por uma limpeza e depois é compactada (amassada), assim a empresa parceira compra o material e a transforma em um novo produto, como: numa camiseta ou numa telha.

A visita possibilita entender todo o processo das imagináveis transformações que o produto sofre, diferente do que muitos acreditam a garrafa pet não volta a ser a mesma, o produto reciclado se tornar um novo produto. Ao todo são recolhidas 85 toneladas por dia na coleta seletiva, mas o ideal seriam 300 toneladas. Uma vez que o lixo comum chega a 100 toneladas diárias, e apenas 10% são retirados para reciclagem.

Para a diretora de Projetos Sociais Reaproveitamento e Reciclagem, Ana Lúcia dos Santos Marques ainda falta conscientização da população. “Muitas vezes as pessoas acham que estão separando o lixo da forma correta, mas não estão. É importante conhecer o processo para haver maior conscientização”. E complementa: “Não há necessidade de lavar as garrafas em casa, já fazemos a limpeza dos produtos nas associações”.

No total são 16 associações cadastradas que realizam a triagem do lixo seletivo. “Nessas associações trabalham maioria das pessoas que antes eram papeleiros ou moradores de rua, e que hoje conseguem com o novo trabalho a inclusão social” afirma.

A coleta seletiva acontece duas vezes por semana nos bairros da capital, para se informar dos dias e horários acesse o site da prefeitura. http://www.portoalegre.rs.gov.br/

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA