banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Feira do Livro Personagens da Feira: a tia do café
Personagens da Feira: a tia do café Imprimir
Escrito por Carlos Macedo   
Domingo, 31 de Outubro de 2010 - 16:37

tiadocafeNa 56ª Feira do Livro de Porto Alegre os personagens dos livros disputam espaço com os personagens reais, que tramam pelos corredores, entre as bancas. As conhecidas histórias de Dom Quixote e Sancho Pança, Padre Amaro e Amélia, Ana Terra e Capitão Rodrigo, Bella e Edward, encenam no mesmo espaço que pessoas comuns como a Maria Lucia, a "tia do café".

A vinte e cinco anos vendendo café e suco na Feira do Livro, a senhora, de 59 anos, é velha conhecida dos vendedores, expositores e livreiros. "Ela é do tempo em que ainda nem tinha cobertura aqui. Quando chovia, todos os livros molhavam", relembra Jorge Barbosa, que trabalha na Feira há mais de vinte anos.

Com os lábios vermelhos de baton, maquiagem e figurino impecáveis, e um sorriso sempre bem humorado no rosto – apesar dos poucos dentes - Maria Lúcia vai de banca em banca oferecendo seu serviço. "Quer café?". A maioria já é "credenciada". A expositora Mara Machado, por exemplo, em treze anos de Feira, nunca recusou o café.

"Ela é uma pessoa folclórica aqui nos corredores. Não sei quem é mais antigo, o Xerife ou a Maria Lúcia", brinca o vendedor Adalberto Tsakos que, assim como a "tia do café", compartilha de vinte e cinco anos da mais tradicional Feira do Livro do Rio Grande do Sul.

Quando a feira vai embora, Maria Lúcia continua na Praça da Alfândega. O enredo muda. Saem os livros, os livreiros, os autores. Voltam as prostitutas, os ambulantes, os populares.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA