banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Feira do Livro Nosso Lar atrai espíritas e simpatizantes da doutrina
Nosso Lar atrai espíritas e simpatizantes da doutrina Imprimir
Escrito por Jane Batista Silveira   
Terça, 02 de Novembro de 2010 - 23:44

nosso-lar-giseleA palestra sobre os bastidores do filme Nosso Lar foi, na verdade, um bate-papo do diretor do filme, Wagner de Assis, com o público, mediado pela jornalista Roberta Salinet. O filme é baseado no livro espírita Nosso Lar, psicografado por Francisco Cândido Xavier. Nele o espírito do médico André Luiz, encarnado por mais de quatro décadas no médium Chico Chavier, descreve suas experiências no Mundo Espiritual e, em especial, na Colônia Espiritual, para onde vão os espíritos após sua morte carnal.

A médica patologista e escritora iniciante Tatiana Witter, 39 anos diz ter ido à palestra, pois o seu livro 'Runa', que será lançado dia 26/11, também é espírita. Ela revela ter gostado tanto do livro quanto do filme Nosso Lar, e considera que o filme é de grande importância para a divulgação do espiritismo e da evolução moral.

Entre os presentes estava o ator do filme, Carlos Tenório, que representa o Espírito do Umbral, a ex-presidente da Federação Espírita do RS, Gladis Pedersen de Oliveira e a atual presidente, Maria Elizabete Barbieli. Gladis descreve o livro como "excelente, pois veio para reproduzir o que nos aguarda após a morte; é um marco de informação para a humanidade, pois mostra que a vida continua e o espírito continua evoluindo".

O diretor Wagnes de Assis contou que foi um adolescente curioso e encontrou no espiritismo a resposta para suas dúvidas. Após assinar o contrato, em 10 de setembro de 2005, Assis se dedicou intensamente na produção do roteiro, com a preocupação de transmitir, através do filme, a mesma importância que teve a obra literária. O diretor revelou a coincidência de terem passados borboletas, no momento exato da filmagem em que ele havida comentado sobre a importância delas aparecerem voando num primeiro plano. Também falou sobre a energia que era sentida nas gravações, por exemplo, de como os atores se sentiam bem, após descansarem nas macas do hospital de ficção.

A palestra contou com a tradução de libras e no final ocorreu a sessão de autógrafos.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA