banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Fronteiras do Pensamento Fronteiras do Pensamento recebe Vandana Shiva
Fronteiras do Pensamento recebe Vandana Shiva Imprimir
Escrito por Anselmo Cunha   
Terça, 29 de Maio de 2012 - 14:32

shivaO Fronteiras do Pensamento 2012 recebeu nesta segunda-feira (28/05) a doutora em filosofia indiana e ativista ambiental, Vandana Shiva. Em sua conferência sobre "Democracia da terra – a criação de economias vivas e da democracia viva", enfatizou a importância de repensar a economia de modo a valorizar o meio ambiente. O evento ocorreu no Salão de Atos da Ufrgs.

Para a palestrante, é preciso pôr fim à ideia de que a humanidade e a natureza estão separadas. Vandana procura conscientizar as pessoas de que o modo como é feita a produção agrícola atinge diretamente o cidadão. Segundo ela, a exploração predatória da terra para fins econômicos traz prejuízos à saúde das pessoas devido ao uso de agrotóxicos, que também contaminam o solo. Além disso, o cultivo da monocultura enfraquece a terra, o que pode torná-la improdutiva. "Nós nos separamos da natureza e dos animais, e com isso criamos a fome e o sofrimento", afirma Vandana.

Outro problema a ser enfrentado é a fome. A ativista criticou a economia capitalista que prioriza a produção de biocombustíveis, enquanto pessoas ao redor do mundo não têm o que comer. "Mesmo com a enorme produção de comida, ainda há pessoas passando fome. E isso ocorre porque os alimentos são usados para produção de combustível", defende Vandana.

Além disso, é preciso rever quais são os critérios usados para medir o desenvolvimento das nações, como o Produto Interno Bruto (PIB). Segundo a palestrante, eles são insuficientes, pois não levam em conta a produção de subsistência, valorizando apenas o que pode ser comercializado. Como alternativa, Vandana citou avaliações onde também é analisado o rendimento per capita, como o Índice de Felicidade Interna Bruta (FIB), aplicado no Butão.

Ao encerrar, a conferencista comentou que para reverter o quadro dos problemas ambientais e alcançar maior justiça social, é necessário pensar outra forma de produção, onde a natureza seja mais valorizada. "Só uma economia baseada na natureza é que poderá criar uma economia realmente democrática", defendeu.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA