banner multi
Capa Memória Coberturas Especiais Fronteiras do Pensamento Filosofia é tema do Fronteiras do Pensamento
Filosofia é tema do Fronteiras do Pensamento Imprimir
Escrito por Anselmo Cunha   
Quarta, 22 de Agosto de 2012 - 17:39

simon1-544x307O filósofo britânico Simon Blackburn palestrou, nesta segunda-feira (20/08), sobre  "As grandes questões da filosofia", no Fronteiras do Pensamento. Conhecido pelo seu trabalho voltado para a popularização da filosofia, Blackburn pareceu atuar de forma contrária ao seu propósito durante a  sua fala. Com um linguajar técnico e uso de conceitos pouco conhecidos, o palestrante tornou difícil a compreensão dos temas abordados. O evento ocorreu no Salão de Atos da Ufrgs.

O palestrante começou a sua apresentação com comentários sobre sua trajetória com a filosofia, disciplina que fazia parte do curso de Ciências Morais na época, em Cambridge, onde Blackburn estudou. Ele comentou que jamais entendeu o que significava "ciências morais", e que sua paixão pelos assuntos filosóficos nasceu no decorrer do curso, através de leituras indicadas por seus professores. O filósofo Immanuel Kant foi o mais citado em sua apresentação.

Blackburn dedicou um momento para fazer críticas às mídias que divulgam pesquisas científicas sem o devido aprofundamento. Para ele, artigos desse tipo tratam com leveza assuntos que poderiam ser aprofundados, a fim de gerar debates e reflexão entre os leitores, e não apenas apresentar resultados do trabalho científico. "É parte fundamental do meu trabalho que a ciência não seja entendida de forma simplista", comenta.

Essa é a segunda vez que o filósofo vem ao país. Ele se mostrou contente ao saber que Filosofia é uma disciplina obrigatória nas escolas. Para ele, a educação não pode ser puramente técnica, deve voltar as suas atenções também para a formação humana, não podendo ser baseada na simples passagem de valores pré concebidos de professores para alunos. A escola é um espaço de aprendizado e reflexão, e a filosofia ajuda a alcançar esses objetivos.

Sobre o futuro, Blackburn parece pessimista. Ele acredita que o descaso com os assuntos relacionados ao meio ambiente e aos direitos dos cidadãos levarão o mundo a enfrentar dificuldades daqui a alguns anos. Se os países não se dedicarem seriamente ao cuidado com estes assuntos agora, a situação tende a piorar, acredita Blackburn. "Eu prevejo um momento em que as nações terão de trabalhar em conjunto sobre pressão do meio ambiente e da sociedade", defende.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA