banner multi
Capa Memória Esportes Projeto centenário colorado
Projeto centenário colorado Imprimir
Escrito por Uriel Gonçalves   
Sexta, 03 de Outubro de 2008 - 16:46

2008_10_03_projetocentenario

O resultado de um estudo do Sport Club Internacional projeta para 4 abril de 2009, data do seu centenário, um número de 100 mil sócios, algo suficiente para arrecadar R$ 3 milhões por mês. Um grupo de gestão, liderado pelo vice-presidente Mário Sérgio Martins e o vice de administração, Giovanni Luigi, analisa os caminhos para atingir a meta. Em dois anos e meio, o quadro social ganharia mais 22 mil colorados.

De acordo com dados publicados no site oficial do time, os atuais 78 mil associados geram cerca de R$ 1.712 .000 ao mês e custeiam metade da folha salarial.

O projeto a ser implantado é semelhante ao do Barcelona, dono do maior quadro social do futebol mundial, com 156 mil torcedores que rendem 90 milhões de euros ao ano.

Com 100 mil associados, não haverá mais a venda de ingressos nas bilheterias.Os sócios de hoje, que têm acesso livre a todas as partidas no Beira-Rio, terão os direitos preservados. A direção ainda analisa como estes 22 mil novos associados serão acomodados no Beira-Rio. A opção mais viável é a criação de lista de espera desses novos sócios por jogo. No início do ano, o torcedor indicaria as partidas da temporada que teria maior interesse. Se o jogo lotasse por antecipação, o torcedor entraria na relação para o encontro seguinte. "É compromisso colocar o Inter como o principal clube da América até o centenário" explica Mário Sérgio.

Haverá entrega de kits com produtos do Inter e jogos entre sócios em preliminares no Beira-Rio. O clube conta também com o aumento do espaço no Beira-Rio como estratégia. Até 2009, o estádio ganhará mais 6 mil lugares, passando a 60 mil. O vice de patrimônio, Pedro Affatato, pretende construir novos camarotes no local da antiga coréia.

O Beira-Rio não será ampliado agora. A idéia é chegar a 90 mil sócios até dezembro e mantê-los com as vantagens atuais, isenção de ingresso em todos os jogos por R$ 30, além de criar novas modalidades para os 10 mil que serão buscados. Quanto aos benefícios dos futuros sócios, além de votar, ganharão o direito de comprar, por preços reduzidos, os 10 mil ingressos disponíveis. Caberá ao clube enviar material de divulgação, publicações e camisetas. E os associados terão descontos em redes de lojas e nas lojas oficiais do clube.

E fora do Brasil?

No Barcelona, os 156 mil sócios pagam a anuidade, votam, recebem publicação mensal e têm descontos na loja do clube. Apenas 90 mil deles podem assistir aos jogos, pagando entre 120 e 900 euros pela cadeira no Nou Camp. Os 8 mil lugares restantes são vendidos a torcedores comuns. Sócios podem colocar à venda seu lugar no estádio e são reembolsados com 50% do ingresso. Já no Milan e na Inter, torcedores compram o carnê do Italiano por 150 euros a 2 mil euros e são considerados sócios. Têm preferência nos ingressos para Liga dos Campeões, Copa da Uefa e Copa da Itália. O Milan conta com 36 mil sócios, e a Inter, 33 mil. O River Plate tem 80 mil sócios e 80% deles pagam R$ 44,95 por mês para ir ao Monumental de Nuñez. Os demais pagam R$ 68,15 e também usam a parte social. Dos 60 mil sócios do Boca, 40 mil pagam R$ 29 para ver os jogos. Quem paga R$ 58 também vai à área social.
 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA