banner multi
Capa Memória Esportes A grande promessa do Atletismo para os Jogos Olimpícos Rio/2016
A grande promessa do Atletismo para os Jogos Olimpícos Rio/2016 Imprimir
Escrito por Gabriela Machado   
Sexta, 17 de Maio de 2013 - 15:42

Almir Cunha dos Santos, 19 anos, 1m90 de altura, é um atleta promissor que coleciona títulos na modalidade ‘salto em altura’, entre os quais, o de Campeão do Grand Prix Sul americano e destaque da Federação de Atletismo do Rio Grande do Sul, nas temporadas de 2010, 2011 e 2012. Com um currículo invejável, ele encara o esporte como ferramenta de educação e aproveita, da melhor forma possível, as boas oportunidades.

Como boa parte dos garotos, desde a infância, Almir queria ser um jogador de futebol, e para concretizar o seu sonho não desperdiçou oportunidades. Convidado para um treino, ele impressionou os olheiros e recebeu o primeiro convite para participar de uma competição escolar de atletismo. E foi nesse momento que ele conheceu e se apaixonou pelo esporte.

Ao chegar a Porto Alegre, o jovem teve todo o apoio e força de seu treinador Haroldo Loureiro Gomes, o Arataca. “Tenho a presença de um treinador que é amigo, irmão e pai. Temos uma relação que vai além de treinador e atleta. É uma relação de pai e filho. Ele está sempre me ajudando e apoiando nas pistas e na vida, fazendo o papel da minha família que esta longe”, afirma.

Para Almir, o atletismo é maravilhoso, pois tem espaço para todos os tipos de pessoas, já que existem várias modalidades. Mas há também  algumas dificuldades, como por exemplo, conciliar as duras rotinas de treinos com os estudos.

A vida do atleta que veio de Mato Grosso é bem regrada e a rotina é cansativa. Ele acorda cedo para treinar durante toda a manhã e depois de almoçar e descansar começa o treino da tarde. Ao final do dia, vai para a aula, onde cursa o 3º semestre de Educação Física, na Faculdade Sogipa. Seus exercícios acontecem de segunda a sábado no próprio clube. E, como consequência do estresse, por ter uma rotina tão corrida e atarefada, teve uma fratura no pé. Graças a um acompanhamento médico eficiente, fez sessões de fisioterapia e de reforços musculares para manter a forma; conseguiu se recuperar logo e voltar a treinar normalmente.

De acordo com o Almir, para praticar o esporte, o atleta deve ter cuidado com o corpo, comer bem e descansar muito. Por ser uma prova de saltos, ele cuida muito do peso, fator que influencia o corpo e se reflete no desempenho. Por isso, usa uma dieta balanceada feita por uma nutricionista, onde seu objetivo é mantê-lo leve.

Antes de uma competição o cuidado é redobrado. O atleta deve estar concentrado em seu objetivo, tem que estar com um ótimo preparo físico e não pode ter nenhuma lesão. O desempenho do competidor pode variar já que o salto em altura ou a distancia são provas muito técnicas.

Competições e sentimentos

Sempre que enfrenta uma competição, Almir ressalta que um turbilhão de  sentimentos brotam ao mesmo tempo, entre os quais: confiança, medo, nervosismo e  ansiedade. Mas para ele, o importante é não perder o foco e a concentração, e para isso, tenta lembrar das técnicas que deve usar, de como foram os treinos e principalmente de seu objetivo; que é vencer. E quando conquista a vitória a sensação é de  recompensa, e  que todos os dias de treino, esforço e abdicações valeram a pena. Entretanto, se o resultado da competição não é positivo, Almir não desanima. Mas a sensação é de angustia, um pouco de raiva, também aumenta a vontade de treinar e de se preparar melhor para a próxima competição.

O atleta e a imprensa

Sobre sua relação com a imprensa, o jovem explica que os atletas  recebem ótimas orientações dos jornalistas da  Assessoria de Imprensa da Sogipa. E entre os conselhos que procura seguir é de que antes da  competição não se faça exageradas e nem otimistas previsões. “Procuramos demonstrar força e confiança no treinamento e acreditamos demais que chegaremos aos nossos objetivos”.  E complementa: “Depois da competição, procuro não falar de cabeça quente, nada de análise rápida sem antes falar com meu treinador. Apenas comemoro e agradeço a todos, aos meus amigos, que são poucos; aos meus colegas de treino, meu treinador, minha namorada e principalmente o meu clube e patrocinadores que me apoiam e me dão condição para seguir em frente atrás do meu sonho olímpico”.

O futuro

De acordo com o seu treinador de Atletismo da Sogipa, o Arataca, tudo leva a crer que, se o Almir continuar fazendo as coisas certas e continuar tendo  esse ótimo desempenho, estará na lista dos Jogos Olímpicos de RIO2016!”.

Premiações

Almir coleciona vários títulos, entre eles estão: Campeão do Grand Prix Sulamericano adulto, campeão Brasileiro Sub 18 anos, Campeão Sulamericano sub 18 anos, Campeão Brasileiro Sub 20 anos, Tri campeão dos Jogos Intermunicipais do RS e melhor atleta dos jogos. O jovem também ganhou o prêmio de melhor atleta nos campeonatos estaduais juvenis e adulto 2010, 2011 e 2012 e destaque da Federação de Atletismo do Estado do Rio Grande do Sul ( FAERGS), nas temporadas de 2010, 2011 e 2012.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA