banner multi
Capa Memória Esportes Inter perde título da Copa do Brasil para o Corinthians
Inter perde título da Copa do Brasil para o Corinthians Imprimir
Escrito por Rodrigo Figueiró   
Quinta, 02 de Julho de 2009 - 12:23

ronaldo

Mesmo com o apoio de mais de 50 mil torcedores que compareceram ao Estádio Beira Rio para assistirem a final da Copa do Brasil, na noite de quarta-feira, dia 1º, o Internacional não conseguiu reverter a derrota de 2 x 0 sofrida na primeira partida, em São Paulo, e viu o Corinthians conquistar o tricampeonato da competição. Para serem campeões, os gaúchos precisavam vencer por no mínimo três gols de diferença.

A torcida chegou desde cedo ao estádio para apoiar o time numa difícil virada em a favor da equipe paulista. Os torcedores e comissão técnica acreditavam ser possível reverter o placar desfavorável ocorrido no dia 17 de junho. Porém, um gol de Jorge Henrique, logo as 24 minutos do primeiro tempo, fez com que a torcida ficasse preocupada, desarrumando o time do Inter, que já não vinha bem na partida. “O resultado foi justo, o Corinthians jogou melhor do que nós, principalmente no primeiro tempo. Fez um gol que não representava o que estava acontecendo naquele momento e acabamos nos perturbando”, analisou o Vice-Presidente de futebol do Inter, Fernando Carvalho.

Oito minutos após o primeiro gol, os paulistas ampliaram o placar com um belo chute de André Santos, sem chances de defesa para o goleiro Lauro. Se a torcida e jogadores já estavam desmotivados, tendo que reverter o placar sofrido em São Paulo, com o segundo gol, a maioria perdeu as esperanças. “O primeiro gol definiu. Sabíamos que eles vinham para o contra-ataque, e demos espaços”, afirmou o lateral-esquerdo Kleber. Ronaldo, que ficou apagado durante todo o jogo, ainda poderia ter ampliado o placar, mas errou um chute cara a cara com o goleiro do Inter, que defendeu o fraco pontapé do “fenômeno”.

No segundo tempo, o Inter voltou melhor e conseguiu empatar o jogo. Os dois gols do colorado foram marcados por Alecsandro, que substituiu Glaydson no intervalo. No primeiro gol, o atacante valendo-se de uma falha dos zagueiros coritnthianos e marcou aos 25 minutos da segunda etapa. Três minutos depois, o mesmo jogador aproveitou cruzamento na área e de, cabeça, empatou a partida. Após o empate, a equipe paulista passou a controlar mais a posse de bola e fazer o tempo passar, o que irritou o meia Dalessandro que acabou sendo expulso, envolvido em confusão que quase acabou em briga. “O William me provocou, me disse um palavrão e eu parti para cima dele. Isso tudo é porque eles já me conhecem e sabem que sou esquentado”, tentou justificar o argentino. "Quando tomamos o primeiro gol, o time sentiu. Temos que parabenizar o Corinthians, que conseguiu alcançar o objetivo nos dois jogos. Se não conseguimos o título, pelo menos o time reagiu no segundo tempo e buscou o empate", disse o técnico Tite.

Agora, segundo a direção colorada, o foco passa a ser o Campeonato Brasileiro. D’Alessandro já confirmou presença e afirmou estar em dívida com a torcida do Inter, porém outros jogadores, como o Nilmar, receberam propostas do exterior e podem ser vendidos no meio do ano.

galeria

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA