banner multi
Capa Memória Geral A sustentabilidade em parceria com o design
A sustentabilidade em parceria com o design Imprimir
Escrito por Emili Nitske Pereira, Jessica Vieira da Silveira e Vitória Carvalho Duarte   
Terça, 21 de Junho de 2011 - 15:16

sustentabilidadeConsumir sem provocar agressões ao meio ambiente e tampouco impedir que as futuras gerações supram suas necessidades básicas é uma nova tendência que surge na sociedade com o nome de 'sustentabilidade'. No design, nas áreas da moda e decoração de ambientes, a nova vertente já ganha muitos adeptos.

As Ecobags são acessórios versáteis e indispensáveis quando o tema é moda consciente. Feitas em tecido de algodão, podem ser utilizadas tanto para substituir as sacolas plásticas dos supermercados como para ir à praia ou passeio, e muitas já começam a se transformar em objetos de coleção para simpatizantes.

Segundo a designer de moda, Teresa Marcon, as pessoas estão cada vez mais conscientes de que é preciso cuidar do planeta. Os profissionais da área deixaram de utilizar pele de animais em suas coleções e estão adquirindo tecidos ecológicos. Porém, o custo de produção destes tecidos ainda é alto, o que acaba deixando o produto ainda mais caro e de acesso exclusivo, transformando-se, então, na moda "mais cara de todas".

Daniel Camargo, designer gráfico, acredita que quem deve se preocupar inicialmente com o material utilizado é o designer. Ele que deve criar projetos para seus clientes que apresentem "soluções em ciclo e no impacto que os bons materiais projetados terão no nosso ambiente". Simples atitudes do designer durante a produção ou no dia-a-dia podem colaborar para a preservação do ambiente, como eliminar os espaços em brancos de livros e outras publicações, procurar fornecedores que também sejam comprometidos com o meio ambiente, usar tintas baseadas em óleos vegetais, pensar na extensão da vida útil dos produtos, entre outras atitudes.

Na construção de interiores, é possível criar projetos pensando na sustentabilidade, apesar do alto custo. Um exemplo, em Porto Alegre, é o EcoVille, porém o ambiente só se torna sustentável se as pessoas que nele habitam pensarem de forma consciente.

De acordo com o designer de interiores, Rodrigo da Costa, a cada dia, a consciência sustentável ganha mais adeptos. E, por isso, ressalta que, atualmente, no projeto apresentado ao cliente, além de serem propostas soluções que reduzam o impacto ambiental são especificados todos os materiais recicláveis.

Todos podem ajudar a preservar o meio ambiente com atitudes simples, como vestir roupas com tecidos ecologicamente corretos, reciclar e customizar peças que estão nos guarda-roupas, além de adquirir lâmpadas que poupem energia, aproveitar a luz solar, adquirir eletrodomésticos econômicos e também verificar a procedência da madeira utilizada na produção de móveis ou outros objetos, isto é conferir se ela é certificada, ou proveniente de áreas de plantio específicas para a obtenção de madeira.

Essas são apenas algumas ações, mas que, em conjunto, poderão mudar o nosso planeta!

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA