banner multi
Capa Memória Geral Morre Steve Jobs, revolucionário da Era Digital, um mito
Morre Steve Jobs, revolucionário da Era Digital, um mito Imprimir
Escrito por Eduardo Malta Oliveira   
Quinta, 06 de Outubro de 2011 - 14:23

jobsSteven Paul Jobs, ou simplesmente Steve Jobs, fundador da Apple (maior empresa de capital aberto do mundo), morreu aos 56 anos. A causa ainda é desconhecida, mas Jobs sofria com um câncer raro no pâncreas.

Nascido em 1955, Steve Jobs fundou a Apple em parceria com Steve Wozniak, em 1976, ao lançar o Apple I, um dos primeiros conceitos de computador pessoal, já que até então os computadores eram voltados apenas para empresas. Desde o princípio, a idéia de Steve Jobs era levar os computadores para as casas. Entretanto, o sucesso realmente veio um ano mais tarde, com o lançamento do Apple II, que impulsionou o capital da empresa. Com a Apple já consolidada no mercado, deu-se início ao projeto Macintosh, que iria revolucionar de fato o mundo da informática. Em 1984, Jobs lançou o Macintosh que trazia uma interface gráfica com ícones e acionado por meio do mouse (até então os computadores eram controlados apenas pelo teclado).

No mesmo ano, Jobs perdeu uma disputa política interna na Apple, e acabou pedindo demissão. Mesmo assim, seguiu sua carreira baseada nas inovações, e fundou a Pixar, que ficou famosa por animações como Toy Story. Em 1996, o retorno a Apple. Jobs encontrou uma empresa praticamente falida, mergulhada em uma crise sem precedentes. Mais uma vez, Jobs deu a volta por cima e levou a Apple de volta ao sucesso.

À frente da Apple, Steve Jobs revolucionou os principais mercados tecnológicos do mundo. O Sistema Operacional Windows (mais popular do mundo) da rival Microsoft, surgiu após o sucesso dos Machintosh. Em 2001, surgiu o Ipod, que não foi o primeiro tocador de MP3 da história, mas foi o que mudou a forma de ouvir músicas. Era o fim dos Walkmans. Não satisfeito, em 29 de junho de 2007, a Apple lançou o Iphone 3G, aparelho que transformou a indústria da telefonia móvel, que nunca mais foi mesma. Recursos inovadores, nunca antes vistos, viraram itens obrigatórios nos concorrentes. Na sequência vieram os sucessores, Iphone 3GS, Iphone 4 e na última terça, 4 de outubro, o anúncio do Iphone 4S.

Jobs também inovou ao lançar o Ipad, em abril de 2010, trazendo ao mundo o conceito dos Tablets.

Entretanto, nos últimos anos Jobs se afastou do comando da empresa por diversas vezes, devido ao câncer, que debilitou sua saúde. Vários quilos mais magro, no início de 2011, ficou alguns meses afastado, dando lugar a TIM Cook. Voltou, mas em 24 de agosto deu adeus definitivo ao cargo de CEO da Apple, quando entregou a carta de renúncia ao cargo.

Em seu site oficial, Apple lamentou a morte do seu fundador: "A Apple perdeu um gênio criativo e visionário, e o mundo perdeu um ser humano incrível. Aqueles de nós que tiveram a sorte de conhecer e trabalhar com Steve perderam um grande amigo e mentor inspirador. Steve deixa para trás uma empresa que só ele poderia ter construído, e seu espírito será sempre a base da Apple."

Steve Jobs partiu e deixou uma legião de fãs órfãos de um ídolo, um mito. Um homem carismático, perfeccionista, um líder nato. Deixará seu nome gravado na história da humanidade.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA