banner multi
Capa Memória Geral Os bastidores das propagandas de sucesso em Porto Alegre
Os bastidores das propagandas de sucesso em Porto Alegre Imprimir
Escrito por Moisés Machado   
Terça, 21 de Julho de 2015 - 10:22

pauta locacaoVocê está assistindo TV quando é surpreendido por imagens e uma trilha sonora que prendem a sua atenção e mexem com as emoções. Pode ser a campanha publicitária de Natal sobre o filho que está longe e saudoso ou histórias de animais de estimação, como do peixe Lilinho ou da simpática cadelinha Sofia. Você ri com a propaganda de cerveja e até se sente o camisa 10 da seleção com a peça publicitária de material esportivo. Para que essas propagandas fofinhas, hilárias ou emocionantes cheguem até a sua casa e nas redes sociais, ocorre um longo e árduo trabalho. Para saber um pouco mais sobre este processo, o Universo IPA bateu um papo com Dani Israel, produtora executiva e roteirista da Bactéria Filmes.

UNIVERSO IPA - De que forma ocorre a produção de um vídeo publicitário?
Dani Israel - Assim que o cliente aprova o roteiro, que normalmente foi escrito pela dupla criativa da agência junto ao cliente, iniciamos a pré-produção. Esse é o momento de fazer um levantamento de tudo que é necessário para realizar a obra dentro do orçamento aprovado. Por exemplo: locação, onde vai ser o set de elenco, quantos são os envolvidos e como deve ser esse elenco. Arte, figurino e equipe, ou seja, para cada trabalho se precisa de diferentes tipos de profissionais. Assim como equipamentos, o que vai ser utilizado, se precisamos comprar ou alugar algum equipamento, além de alimentação e transporte destes profissionais.
Vale lembrar que uma produção bem executada é porque, com certeza, teve uma pré-produção bem pensada e organizada em cada detalhe. Depois de tudo alinhado, partimos para as diárias de gravação, ou seja a produção em si. Com o material captado, vamos para a ilha-de-edição onde o material será organizado. Por isso, para dinamizar o processo, é muito importante utilizar a claquete e planilhas durante as gravações. Feita a montagem, sempre seguindo o roteiro a risca e incluindo o áudio, o material é encaminhado para a pós-produção, onde será feita a correção de cor e tratamentos necessários, além de efeitos e vinhetas.

UNIVERSO IPA- Qual o tempo médio de produção de cada uma destas etapas?
Dani Israel - Pode variar muito, depende do trabalho e o prazo fornecido. Em um filme de 30 segundos, a média fica entre uma e duas semanas de pré-produção, duas ou três diárias de gravação e uma ou duas semanas de pós-produção, isso até o cliente aprovar a montagem final.

UNIVERSO IPA - Qual a maior dificuldade encontrada nas externas?
Dani Israel - É difícil, por não se ter controle sobre o set, como em uma interna. Em externas a equipe está sujeita ao tempo, que pode mudar de uma hora pra outra, sol, chuva, vento. Se estiver gravando com som, pode ventar muito ou passar carros no momento errado, não validando o arquivo de áudio e tendo que repetir o take, além da variação de luz constante. E, dependendo da externa, a equipe pode ficar longe de água, banheiro, tomadas para a luz, etc. As dificuldades são inúmeras e dependem muito do local a ser gravado.

UNIVERSO IPA - Qual a melhor externa e por quê?
Dani Israel – Aquela em que você tem o maior número de variáveis controláveis por perto. Por exemplo, vamos rodar em uma rua e conseguimos fechar essa rua ou a quadra para gravar em um local mais tranquilo sem possíveis barulhos e interrupções. Ter uma base por perto onde tenha banheiro, alimentação, água, um local para descarregar os equipamentos e deixa-los todos bem seguros, onde o elenco possa sentar e esperar até a sua hora de gravar. Um bom exemplo de externa é num parque fechado.

UNIVERSO IPA - Um exemplo de externa complicada:
Dani Israel - O centro da cidade.

UNIVERSO IPA- Qual é o processo burocrático na gravação de uma externa (permissão, seguro e autorização)?
Dani Israel - Se o local for privado, o produtor de locação deve procurar o responsável e informar seu interesse em realizar uma gravação, manter o mesmo informado, horários de início e término das gravações, números de envolvidos e quais ambientes e recursos do local vai usar e também negociar valores para o aluguel da locação. O mesmo serve para um ambiente público, como praça e ruas. Só que essas informações devem ser enviadas em forma de ofício para o setor de Eventos da EPTC, informando data, local, horário, número de envolvidos (elenco e equipe) e motivo da gravação.

UNIVERSO IPA- Como é feita a seleção de elenco, figurino e cenário?
Dani Israel - O elenco, depende se está orçada uma seleção com teste (para os comerciais que contenham fala) ou apenas fotos (para modelos em geral). Para o figurino e cenário são feitas pesquisas de referência de acordo com o briefing da agência. Tudo isso é apresentado numa reunião junto a agência para definição, ainda na pré-produção.

UNIVERSO IPA - Embora seja muito mais fácil gravar em um estúdio, é comprovado que a audiência prefere a locação ‘real’. Como é o trabalho de pesquisa e gerência de locação?
Dani Israel - Essa relação estúdio e locação pode ser um pouco equivocada. Ao assistir um filme, uma cena interna, essa poderá ser feita tanto em estúdio, com a construção de um cenário, como em locação real. Porém, todos os objetos serão incluídos e/ou modificados, tornando assim uma locação cinematográfica. A pesquisa e gerência de locação é feita através de um profissional específico. Aqui em Porto Alegre atende por produtor de locação, e que dependendo da produção pode ser exercida pelo produtor do filme. Ele pesquisa locais, entra em contato com os donos, acerta valores, faz o contrato e cuida para que tudo ocorra da forma acertada.

UNIVERSO IPA- De que forma o roteiro é elaborado?
Dani Israel - O roteiro sempre parte de uma ideia, de uma mensagem que o cliente quer passar. A agência desenvolve essa ideia com o cliente em processos particulares de cada marca, dentro da conjuntura de cada ação desenvolvida, com a equipe de marketing. Em alguns casos, o roteiro pode ser criado pela produtora, que contrata um roteirista para a obra, porém o processo será bastante similar, sempre junto ao cliente.

UNIVERSO IPA- Qual a média de custo de um vídeo publicitário de primeira linha?
Dani Israel - O custo pode variar muito, pois depende de uma série de fatores. Mesmo uma ideia simples pode ter um custo elevado dependendo da locação, dos equipamentos necessários, dos dias de produção, da pós produção. Cada item no orçamento pode multiplicar o valor final por cinco.
A capacidade de realizar boas ideias está muito mais ligada ao know-how do diretor, da empresa e da equipe do que ao valor em si. Claro, que tudo tem um custo, mas poderíamos dizer que existem filmes publicitários fantásticos de 30 e de 300 mil. Enquanto existem filmes grandiosos na faixa de R$ 1milhão. O orçamento é a parte mais esquizofrênica da produção audiovisual.

UNIVERSO IPA- Quais as dicas que você pode deixar para os acadêmicos que se espelham no trabalho da Bactéria Filmes?
Dani Israel - Fazer sempre o melhor, compreendendo as condições que foram estabelecidas. O prazo nem sempre será o ideal, a verba nem sempre cobrirá tudo que se gostaria, o clima pode não ajudar. Encontrar alternativas que melhorem o trabalho e surpreendam no resultado final, precisa ser um mantra. Fazer sempre o melhor, pois só assim crescemos e nos aperfeiçoamos.

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA