banner multi
Capa Memória Literário Horas sobre quatro rodas
Horas sobre quatro rodas Imprimir
Escrito por Edimar Blazina   
Quinta, 14 de Agosto de 2008 - 16:33

20080814_horasrodas

Uma hora dentro de um ônibus pode parecer muito tempo para alguns, mas essa é a rotina diária de muitos trabalhadores e estudantes que, para chegar ao centro de Porto Alegre, por exemplo, demoram uma hora, ou mais, nos transportes públicos da cidade.

O que se pode fazer em uma hora? Muitas coisas podem ter passado pela sua cabeça tais como assistir a um programa de televisão, fazer uma caminhada em um parque ou exercícios físicos, por exemplo. Agora imagine passar uma hora dentro de um ônibus diariamente, pode parecer estranho, porém, é mais comum do que se imagina.

Amizade no ônibus

Alternativas para ocupar esse tempo são muitas. É comum nessas viagens ver muitas pessoas escutando música, lendo ou dormindo, contudo a conversa é opção favorita dos usuários. É normal se formarem grupos que se conheceram durante as viagens. É o caso de Marcos Castilhos, 53 anos, que tem uma turma de amigos que se conheceram por usarem o mesmo ônibus todos os dias. "Tenho um grupo que vai (para Porto Alegre) e outro que volta", diz Castilhos. Segundo ele, as pessoas não teriam tempo para uma amizade se a viagem fosse curta.

Ler é uma opção

Carmem Silva, 47, aproveita a viagem para ler. Como mora na zona sul de Porto Alegre e trabalha no centro, é no trajeto, que leva 40 minutos, que ela põe a leitura em dia. "Leio no ônibus porque é o tempo que tenho livre", informa Carmem, que admite às vezes perder a atenção da leitura com o balanço da viagem e preferia ter um rádio para escutar.

Ao som da música

A música é a companheira diária de Ana Corrêa, 29, moradora de Viamão. Ana demora mais de uma hora para chegar em casa quando volta do trabalho em Porto Alegre. Segundo ela o tempo passa mais devagar quando não ouve música, "Com certeza passa mais devagar", declara. Ana ainda acrescenta que o importante é não faltar música, por isso, além do MP3 Player usa o rádio do celular.

Quase um dia inteiro no ônibus

Se fosse computada a hora diária gasta no transporte coletivo, ao final de um mês, a soma equivaleria a aproximadamente um dia inteiro dentro de uma condução. "Isso é um absurdo, perdemos muito tempo nos deslocando de um ponto a outro, eu odeio", desabafa Eliza Garcia, 56. Ela mora em Viamão e sonha um dia poder morar em Porto Alegre, "assim perderia menos tempo", ironiza.

Como sempre, o brasileiro da um jeito de superar qualquer dificuldade e se diverte mesmo quando não teria razão para isso. O ônibus além de um meio de transporte coletivo, agrega planos, novas amizades, entretenimento e até mesmo sonhos. E como quase tudo nesta vida: é agradável para uns e um suplício para outros.

 

 


Notícias relacionadas


Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA