banner multi
Capa Memória Opinião
Opinião
O dilema de Israel e Palestina Imprimir
Escrito por Asaph Borba *   
Sexta, 29 de Março de 2013 - 21:30

palestinaO dia quente, beirando os 40 graus, confirma a intensidade do verão desértico no Oriente Médio. Na medida em que o pequeno ônibus vai descendo o Vale do Jordão deixando para trás a cidade de Mádaba e as montanhas jordanianas de Gileade, o calor aumenta mais ainda.

 
Entenda a medição do Ibope Imprimir
Escrito por André Freitas e Marilia Cancelli   
Terça, 04 de Dezembro de 2012 - 16:45

audienciaAs emissoras da televisão brasileira disputam ponto a ponto a atenção do telespectador, mas poucos sabem como são realizadas as medições da audiência. No Brasil, o Instituto Brasileiro Opinião Pública e Estatística (Ibope) é único órgão que realiza a aferição. O Ibope utiliza o aparelho peoplemeter instalado em domicílios. É uma metodologia de medição que substitui o tradicional "caderno" como forma de aferição do comportamento do telespectador. "As emissoras e sua programação são automaticamente identificadas e transmitidas ao Ibope pelos sistemas de remessas Real Time (audiência minuto a minuto) para São Paulo e Over Night para as demais cidades", informa o Gerente da Filial do Ibope no Rio Grande do Sul, Domício Torres. Segundo Torres, no aparelho peoplemeter, cada indivíduo do domicílio é identificado, permitindo, assim, a formação dos targets individuais de audiência. A medição inclui até quatro formas de recepção: VHF, UHF, CABO e VCR.

 
Eleições 2012 Imprimir
Escrito por Eduardo Malta Oliveira   
Segunda, 10 de Setembro de 2012 - 09:16

eleicao-2012Devido à correria do dia a dia, não consigo assistir com frequência ao horário eleitoral gratuito na televisão. Porém, aos sábados, dedico pelo menos trinta minutos do meu dia para acompanhar o programa. Neste ano fiquei surpreso e ao mesmo tempo decepcionado.

 
De repente 30, cheguei aos 30? Imprimir
Escrito por Mateus Ítor Charão   
Segunda, 12 de Novembro de 2012 - 10:01

De-repente-30Há filmes que gosto de assistir várias vezes. Por exemplo, no filme "De repente 30", Jenna Rink (Christa B. Allen) é uma garota que está descontente com sua própria idade, não é popular na escola, seus pais ficam sempre no seu pé e o garoto por quem está apaixonada nem sabe que ela existe. No seu 13º aniversário, Jenna foi trancada em um armário e completamente esquecida pelos demais presentes na festa. Triste, faz um pedido: virar adulta de repente, para ter a vida com que sempre sonhou. O pedido se torna realidade e, no dia seguinte, Jenna (Jennifer Garner) desperta com 30 anos. Depois de muita confusão, ela percebe que, embora tenha tudo que sempre sonhou, não é feliz, está distante dos pais, seu melhor amigo (por quem se apaixonou) está preste a se casar, não tem amigos de verdade etc.

 
Quem tem medo da política? Imprimir
Escrito por Pedro Henrique Gomes   
Terça, 04 de Setembro de 2012 - 18:03

dinheiraoVários mal-entendidos permeiam o debate político no Brasil. A ideia de que o envolvimento com a política não é coisa digna de perder tempo não é nova. Não é nova também a concepção vigente de que não existe mais tal coisa como uma dialética direita versus esquerda, além de ser uma ideia singular de representatividade, não compreende a pluralidade tanto das direitas quanto das esquerdas, pois, se não existem oposições, não haverão mudanças – daí a afirmação ser alienadora e totalitária.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Expediente

Mapa do Site :: Portal Universo IPA - 1º lugar na Intercom Nacional de 2008 :: Expediente
Creative Commons © 2005-2013 :: AJor - Agência Experimental de Jornalismo IPA